Cassação negada na Alerj

O deputado estadual Bruno Dauaire (PSC) assinou o pedido de cassação feito por seu partido, o mesmo do governador Wilson Witzel, que teve como alvo a deputada Renata Souza (PSOL) e a alegação de que a mesma teria feito sem antes consultar a Comissão de Direitos Humanos da Alerj, a denúncia contra o governador à ONU e OEA, pelo fato de o ex-juiz usar helicóptero como plataforma de disparos na cidade de Angra dos Reis. Mas o presidente da Alerj, André Ceciliano (PT) defendeu que a deputada não cometeu irregularidade e que o pedido foi feito de seu próprio gabinete. Agora os deputados que denunciaram Renata Souza prometem levar o caso à Comissão de Ética.

Vale destacar que a deputada é do PSOL,  partido que propôs ação de Investigação Judicial Eleitoral no TRE/RJ contra Wladimir Garotinho (PSD) e Bruno Dauaire (PSC),  por Abuso do Poder Econômico e Captação Ilícita de Sufrágio, por possível compra de votos no bairro da Penha, praticado por cabo eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *